[Coluna NES] Você conhece o cantor, compositor e guitarrista André Dias? Pois, deveria!

Dono de um jeito ensimesmado de falar, mas que ao portar a guitarra e os vocais, passa por uma transformação incrível no ponto de vista artístico, deixando o ouvinte curioso em conhecer mais sobre sua forma peculiar de se expressar através da arte de musicar a vida, tenho a maior satisfação de apresentar esse músico sensível que está aqui, nascido, criado e morando entre nós, e que acaba de lançar seu primeiro disco autoral que conta com a participação de grandes músicos da cena soteropolitana e assinatura do famoso produtor André T.

• Com músicas que trazem um contraponto ao retratar o protagonismo de um homem negro, preso a estereótipos racistas e machistas, o cantor, compositor e guitarrista, André Dias, lança o disco “Das Mais Belas Tristezas às Mais Doces Levezas” **

Conheci o André dias lá atrás, nos meados dos anos 2000, e sempre me chamou a atenção o seu gosto pelo overdrive, as 6 cordas da guitarra elétrica, o suingue que balança mais a mente do que os corpos, o interesse em apresentar o caminho encontrando, o seu próprio.

Dias tem uma trajetória muito interessante e diferente da maioria dos músicos daqui do Nordeste de Amaralina. Sempre envolvido como lado “B”, o underground, concebeu trabalhos como Headfones, ExoEsqueleto, e fez parte de algumas bandas, Declinium, Mr. Armeng, acompanhando como músico de palco dessa cena que embora forte não é tão prestigiada pelo público geral do complexo.

• Me permiti olhar minhas composições mais antigas, que não fizeram parte de nenhum dos meus trabalhos anteriores, e pude entrar em contato com um André mais jovem e mais livre das dores do mundo e isso foi revigorante. Por fim, ainda tive a possibilidade de trabalhar com diversos músicos mais experientes do que eu e isso acrescentou muito na minha percepção musical”, explica o músico.**

Escutei o DMBTAMDL (Das Mais Belas Tristezas às Mais Doces Levezas) e tive a impressão de colher um fruto maduro, no ponto certo, na medida exata.
A playlist do álbum que conta com 11 tracks não deixa em momento algum de soar genuíno e evidenciar os anseios de um homem preto que, sabendo que precisa ir para chegar levanta e vai!

Trazendo voz na cara, guitarras evidentes, atmosfera moderna, letras que lembram um diário de bordo autobiográfico e sem deixar a influência do clássico rock, mas citando sua origem nordestina como na faxina “Lembro”, Dias, se colocou aí no mundo à disposição para levar sua mensagem rock às mentes reflexivas.
Links para acesso ao Disco:

Spotify: https://open.spotify.com/album/1EGr13R0UwDje7S1NRbjYE?si=p-yJPubrRS66SK82haS-hw

Deezer: https://deezer.page.link/AkM86RoceK6uTimW7

** Trecho retirado do release do artista
** Trecho retirado do release do artista

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.