A música coloriu o Nordeste de Amaralina na noite desta terça-feira.

Foto: Jefferson Borges / Nordesteusou

O Nordeste de Amaralina foi o local escolhido para receber o primeiro festival de Video Mapping da periferia denominado “Mete Dança Digital”, aqui em Salvador. O evento aconteceu na noite desta terça-feira (15), no Campo da Natureza na região do Areal. O evento teve a duração de 1h com projeções mapeadas de coreografia do pagodão nas paredes, muros e fachadas das casas do Areal. A trilha sonora foi por comandada pelo grupo Trapfunk & Alivio e a coreografia do Coletivo Bote Fé.

“O “Mete Dança Digital é um festival de pagode baiano que utiliza a linguagem do mapping para tornar a arte acessível aos moradores da periferia, incluindo quem não tem acesso à internet. E ainda, sem precisar abandonar o isolamento social, em tempos de pandemia”, afirma o idealizador do projeto, Ismael Fagundes.

O projeto Mete Dança foi contemplado pelo Prêmio Anselmo Serrat de Linguagens Artísticas, da Fundação Gregório de Matos, ligada à secretaria Municipal de Cultura, por meio da Lei Aldir Blanc.

COMPARTILHAR
Publicitário, Ativista Social e Fundador do Portal NORDESTeuSOU.