[Casamento comunitário] Cerimônia celebra sete matrimônios no Nordeste de Amaralina.

No último final de semana aconteceu na Paróquia Santo André o casamento comunitário 2021.

A paróquia Santo André, do bairro Vale das Pedrinhas, realizou um casamento comunitário no último sábado, 14. Sete casais tiveram a oportunidade de dizer seu sim. O casamento era um sonho para noivos por ser um momento marcante nas vidas e principalmente pelo recebimento do sacramento do matrimônio. A cerimônia foi presidida pelo pároco da comunidade, padre João Pedro.

Para Pastoral Familiar é muito importante realizar este trabalho de levar estes casais a dar seu sim no altar. Muitos casais sonham em casar, mas muitas vezes têm dificuldade em realizar esse sonho sozinho. Além da cerimônia, os noivos participaram de encontros em preparação ao matrimônio. Mesmo diante ao atual cenário o sonho não poderia ser postergado.

“Então, a experiência do Casamento Comunitário é sempre um momento sublime de fé e alegria para nossa paróquia Santo André. Nesse ano, em um tempo de pandemia, foi um grande desafio para nós, e nos exigiu reinventar desde as inscrições até a própria realização do matrimônio. Ao longo de 4 meses nos encontramos de forma presencial ou online, enquanto equipe da pastoral familiar para preparar os casais, buscando durante todo tempo estar atentos as restrições, e conscientizando a todos dos cuidados necessários, sendo assim essa proposta ocorreu esse ano por meio de inscrições online, uso de máscaras, distanciamento, adequação do espaço/tempo. Porém, vimos em tudo isso a Graça de Deus agir e nos permitimos mais essa ação pastoral que já acontece em nossa paróquia há 18 anos”, explica Rose Fiúza coordenadora da Pastoral da Família.

O casal Emerson e Elisângela Ponciano, falou sobre a experiência do momento tão aguardado e fez um alerta:

“Foi tudo tão especial… Estamos juntos há dez anos e o momento de subir no altar, chegou da melhor forma. Contrariando as estimativas a qual afirmam que muitos casais se desencontram e rompem por conta da pandemia, no nosso caso, foi diferente. Nesse processo pandêmico   nos auxiliou para que refletirmos sobre nosso relacionamento. Saldo positivo. No qual, fortalecemos, unimos, cada vez mais. Tudo isso alicerçado por meio de orações em Deus”, disse o casal.

E ainda segundo os parceiros amorosos, não se deve desistir do sonho do matrimônio mesmo que não venha em uma fase jovial:

“Não desistam do amor, de encontrar alguém… Casamento é uma bênção, mesmo diante os percalços. Muitas das vezes escutamos que é uma “furada”, mas não é! Procurem a pastoral Familiar da Paróquia Santo André que eles vão estar de braços abertos para ajudar na sua espiritualidade e vão sem dúvidas ajudar vocês no direcionamento para o matrimônio”, comentou os pombinhos.

COMPARTILHAR
Amante da Literatura, apaixonado pelas Letras. Discente de Letras Vernáculas e Língua Inglesa, poeta, escritor , blogueiro, professor e Repórter do site NES.