Funcionário relata constantes atrasos de salário no Multicentro do Vale das Pedrinhas: “não tem como trabalhar desse jeito”

Responsável pela gestão do Multicentro de Saúde do Vale das Pedrinhas desde agosto de 2020, o Instituto Saúde e Cidadania (Isac) vem deixando os funcionários da unidade a ver navios. De acordo com um colaborador. que temendo represálias por parte da direção da unidade preferiu não se identificar, os atrasos de salários se tornaram uma constante no local.

“A empresa vem pagando com atraso todos os meses. O pagamento que deveria sair no quinto dia útil somente é pago do dia 20 em diante. Hoje já dia 16 e nada. Não temos como trabalhar desse jeito. Atrasa transporte, alimentação… Está tudo atrasado e todo mês é a mesma desculpa. Tem casos também de funcionários sendo demitidos sem qualquer justificativa”, diz a denúncia.

Ainda de acordo com a denúncia, os problemas da unidade não se restringem somente à questão do pagamento dos colaboradores. Problemas na estrutura do Multicentro também é alvo de reclamação: “O prédio esta funcionando com ar-condicionados velhos e com defeito. Estamos trabalhando em condições insalubres. Falta também material de expediente, uma vez que os fornecedores também estão sem receber. O Multicentro do Vale das Pedrinha se tornou um verdadeiro caos”.

“Sem falar nas grandes filas de marcações de consultas, onde os funcionários e pacientes acabam expostos ao coronavírus”, completou.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa do Instituto Saúde e Cidadania que “a quitação da folha de pagamento dos colaboradores será feita após o crédito do recurso por parte da Secretaria Municipal de Saúde, que aguarda apenas a finalização dos trâmites burocráticos para efetuar o repasse. E que, já realizou o pagamento dos valores referente ao vale alimentação e ao vale transporte.”

Veja nota na íntegra:

“O Instituto lamenta o atraso ocorrido, afinal, o seu compromisso é de pagar em dia todos os profissionais. De forma que se solidariza com os colaboradores e lembra que, por se tratar de recurso público para gestão específica por projeto, só pode efetuar o pagamento com aporte do contrato.

Para cada projeto que o ISAC gerencia é aberta uma conta específica e apenas os recursos do próprio contrato podem ser usados para pagamentos e manutenção do serviço. Por uma questão legal, o ISAC é proibido de usar o recurso de outro contrato para pagar as despesas, inclusive de pessoal. Os valores referente ao vale alimentação e vale transporte já foram pagos.

O ISAC comunica que mantém contrato com uma empresa para realização periódica da manutenção corretiva dos aparelhos de ar condicionado. Atualmente, todos os equipamentos instalados na unidade estão funcionando normalmente.

Em relação ao estoque de insumos, o ISAC assegura que o Multicentro Vale das Pedrinhas está devidamente abastecido. E descarta a possibilidade de falta de materiais essenciais para atendimento dos usuários, assim como para os colaboradores”.

Atualizada às 18h.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU