[Inspiração] Conheça o projeto “Gari Solidário” que contribui para a limpeza na comunidade.

Morador do Nordeste criou projeto voluntário e dá lição de cidadania e amor pelo local onde vive

Uma verdadeira lição de cidadania. Assim podemos classificar a iniciativa do morador do Complexo Nordeste de Amaralina, Ronaldo Vieira, 44 anos. Cansado de observar o descaso do poder público com a sujeira em algumas localidades da comunidade, Ronaldo resolveu “fazer justiça com as próprias mãos”, como se diz no popular. Surgiu assim o “Gari Solidário”. Ronaldo realiza o serviço voluntário de limpeza pelas ruas do bairro onde vive.

Apesar de contar com dois anos de atuação, a ação não possui uma equipe, o trabalho é realizado apenas com o próprio idealizador. “Quem puder participar somar no projeto é bem-vindo. Precisamos nos sensibilizarmos com nossas inquietações e fazemos nossa parte, a fim de cuidamos do nosso bem-estar coletivo”, relatou.

Sem nenhum tipo investimento e patrocínio, o morador do Nordeste faz um desabafo a população: “Alguns moradores tem compaixão e contribui com qualquer importância financeira, a fim de ajudar na manutenção do projeto, mas preciso de alguns itens necessários de trabalho, como o carro de mão, vassouras, bota e todo equipamento de IPI(material de segurança)”, diz.

Mesmo diante os percalços, entre falta de material e ajudantes, a atividade já percorreu algumas das principais praças do Complexo. “Volta e meia estou na Serra Verde, Areal, na Globo, entre outros”, destacou.

Você caro leitor que se sensibilizou com a causa e o trabalho desenvolvido por Viera, faça sua generosa contribuição na Academia Nova Astral, na Serra Verde. Ajude fomentar as boas novas. Sua ajuda é muito importante para sobrevivência do “Gari Solidário”.

COMPARTILHAR
Amante da Literatura, apaixonado pelas Letras. Discente de Letras Vernáculas e Língua Inglesa, poeta, escritor , blogueiro, professor e Repórter do site NES.