Moradores do Complexo Nordeste de Amaralina terão suas histórias contadas em websérie documental

No mês de celebração da Consciência Negra, será lançada no dia 16 de novembro a websérie documental Desvelando Salvador. A produção, que conta a história de resistência, ancestralidade e arte da capital baiana, terá como destaques  dois moradores da Complexo Nordeste de Amaralina: “Seu Manteiga”, o pescador mais velho do Nordeste de Amaralina e que pilotou por 35 anos a Galeota Gratidão do Povo, além das memórias e saberes dos irmãos “Nem” e “Tico”, ambos residentes na Santa Cruz

“A ideia da websérie é apresentar a história dessas pessoas, mostrando que a riqueza da cidade de Salvador está, para além dos monumentos e paisagens,nas vidas e vivências de seus moradores”, explica o diretorJon Lewis.

Os cinco episódios que compõem a websérie serão lançados ao longo domês e poderão ser acessados gratuitamente no canal do YouTube e Instagram da produtora Mangaba Produções. Os episódios têm cerca de 10 minutos cada. A apresentação fica por conta do guia cultural Claudio Madureira, a direção de fotografia é de Anderson Ferreira e a produção da Mangaba Produções.

Sobre a produtora

Sediada em Salvador, a Mangaba Produções produz conteúdo audiovisual para televisão e internet. Em 2020, estreou a série documental “Comida Aqui é Mato!” na TVE,sobre gastronomia e plantas alimentícias nãoconvencionais.

Serviço

O quê:websérie Desvelando Salvador

Quando: estreia 16/11 (episódio“Cris, Mirante Tropical da Ladeira”), 18/11 (“Nem e Tico, Santa Cruz”), 23/11 (“Luide Araújo, Candeal”), 25/11 (“Seu Manteiga, Nordeste de Amaralina”) e 30/11 (“Célia e Silvia, Vila Brandão”)


Websérie Desvelando Salvador: episódio 02
Nem e Tico, da Santa Cruz
https://www.youtube.com/watch?v=vyhn7ix4GUY
https://www.instagram.com/mangabaproductions

Já assistiu ao primeiro episódio com Cris, da Ladeira da Preguiça? https://www.youtube.com/watch?v=zg2svzmXVdI&t=17s

Quanto: gratuito

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.