Parceria entre a CUFA e UFBA realiza avaliação e premiação de projetos de negócio do Nordeste de Amaralina

A disciplina ‘ACCS Apoio e Fomento ao Ecossistema de Negócios de Impacto Socioambiental em Salvador’, ofertada na Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia (UFBA), se caracteriza como uma Atividade Curricular em Comunidade e Sociedade (ACCS), que teve como objetivo o desenvolvimento de ações de apoio e fomento para os diferentes grupos de atores do ecossistema de Negócios de Impacto Socioambiental (NIS) em Salvador.

No segundo semestre de 2021, a disciplina, que foi conduzida pela professora doutora Luiza Reis Teixeira (Escola de Administração da UFBA), contou com a participação de diferentes lideranças da comunidade do Nordeste de Amaralina, além de estudantes do mestrado (PDGS e NPGA) e da graduação da UFBA (de diferentes cursos). Durante o semestre, os estudantes foram estimulados a elaborar projetos de negócios voltados para o desenvolvimento local, identificando situações-problema na comunidade e propondo negócios com soluções para as situações encontradas.

Ao todo foram elaborados três projetos de negócio:

– Projeto Amaralimpa: que visa contribuir com a diminuição do impacto ambiental em Salvador através da redução de resíduos nas praias do Nordeste de Amaralina. Esse projeto, além de trabalhar com a coleta e redução dos resíduos nas praias, visa ainda a geração de renda para comunidade por meio da reciclagem e do reaproveitamento de resíduos, transformando-os em artesanato, brinquedos, roupas, acessórios e outros produtos.

– Projeto Levante: que busca promover novas possibilidades para mulheres em situação de vulnerabilidade social na comunidade do Nordeste de Amaralina em Salvador, através do compartilhamento de saberes e práticas relacionadas à construção civil. A proposta visa oferecer capacitações voltadas para execução de melhorias habitacionais (reformas), criando, assim, oportunidades de inserção no mercado de trabalho da construção para o público-alvo do projeto.

– Projeto Unibeco: visa a criação de uma Universidade Comunitária que fomente cursos profissionalizantes e de extensão de curta duração, além de cursos de média e de longa duração, como cursos tecnólogos. Ao final do processo de formação, o objetivo é direcionar os alunos para geração de trabalho e renda, conectando os cursos oferecidos pela Unibeco e seus estudantes com as demandas dos empregadores locais e em todo o Estado.

No semestre 2021.2 a disciplina realizou uma parceria com o Instituto Sabin, instituição de gestão do investimento social do Grupo Sabin, para premiação dos projetos elaborados. Os projetos ganhadores receberão recursos para capital semente nos valores de R$ 2.500,00 para o primeiro classificado, R$ 1.500,00, para o segundo, e R$ 1.000,00 para o terceiro lugar.

Os projetos serão avaliados por banca de professores no dia 01/12/2021 e os resultados e premiação ocorrerão no dia 04/12/2021, em encerramento da disciplina a ser realizado no Colégio Estadual Professor Carlos Santana (Beco da Cultura), no Nordeste de Amaralina, a partir das 09 horas em sessão pública.

Assim, essa disciplina buscou, além de ensinar e fomentar os ecossistemas de negócios de impacto socioambiental da comunidade do Nordeste de Amaralina, aproximar a universidade da realidade local por meio de reflexões e ações acerca das demandas do público participante.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.