Projeto “Editorial Nordeste”: trabalhando a autoestima e enaltecendo a beleza de jovens periféricos.

Autoestima e confiança, são os lemas do Editoria Nordeste (EN), projeto que visa dar oportunidades de iniciação na vida como modelo para jovens periféricos. Além disso, o projeto também fornece aulas de teatro, dança e box. Por ser uma iniciativa diversificada o EN não segue um método de seleção tradicional, indo além, acolhendo à todos interessados, independentemente de cor, sexualidade e religião.

Sua multiplicidade abrange não só somente os candidatos, mas também, o corpo docente, entre os professores temos : Professor Anderson ( dança), e os professores de passarela Bruno Pitty ( passarela masculina) e Ulrick Cristina, mulher trans ( passarela feminina ), Fernando ( box).

“Temos meninas em passarelas masculinas, meninos em passarelas femininas” diz Daniela Santos – mãe da idealizadora.

Apesar de ter apenas 4 meses em execução, já é possível colher frutos positivos . Uma de suas alunas, Gabriele Barreto, foi ganhadora do concurso Beleza Black, se tornando a atual dona da faixa, em sua categoria, Pré teen. Sendo ela, a primeira de muitos que virão, pois é esse o principal foco do EN, dar visibilidade para jovens do ramo da moda, dança, teatro e boxe.

As aulas acontecem todo sábado, na sede do projeto, localizada no final de linha do Nordeste, em cima do espetinho, ao lado da look vip. Para os interessados em fazer parte e conhecer um pouco mais do projeto basta ir no Instagram, através do @editorial_nordeste_ .

COMPARTILHAR
Bruna Rocha
Apaixonada pela arte de se comunicar, pois através dela podemos quebrar barreiras. Estudante de jornalismo, ativista e leitora ativa.