Bruno Reis se defende sobre aumento de 10,74% no IPTU: “Qual é a irregularidade nisso?”

Foto: Valter Pontes/Secom

O prefeito de Salvador, Bruno Reis, rebateu, nesta sexta-feira (14), às críticas sobre o aumento de 10,74% no IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) e de 50% na taxa de lixo na capital baiana. Reis alegou que os contribuinte teriam que arcar com um reajuste muito maior se fosse seguir rigorosamente a lei.

“Se eu fosse fazer o que a lei determina, eu tinha que aumentar em 300% a taxa de lixo. Fizemos um ajuste e a prefeitura continuará assumindo sete meses e meio. Mandamos para a Câmara de Vereadores e a Câmara aprovou. Qual é a irregularidade nisso? Nenhuma! Uma taxa que, inclusive, tem travas, tem limitações e estamos cobrando abaixo do valor real”, explicou o prefeito.

O aumento no IPTU em Salvador está sendo alvo de apuração do Ministério Público da Bahia (MP-BA).

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.