Caso Mariana Ferrer: tese de ‘estupro culposo’ e humilhação da vítima geram revolta; assista

Em reportagem publicada nesta terça-feira, o The Intercept Brasil divulgou novas informações sobre a absolvição do empresário André de Camargo Aranha na 1ª instância da Justiça de Santa Catarina. Ele foi acusado por Mariana Ferrer de tê-la estuprado em 2018. A reportagem traz trechos da tese apresentada pelo Ministério Público para pedir a absolvição do réu – o promotor responsável pelo caso entendeu que André não teve dolo (intenção) de cometer crime de estupro porque não havia como saber se a jovem estava em condições de consentir a relação.

O The Intercept Brasil chamou a tese de “estupro culposo”. A argumentação gerou indignação e mensagens de solidariedade a Mariana Ferrer. A Corregedoria Nacional do Ministério Público e a Corregedoria Nacional de Justiça vão investigar as atuações do promotor e do juiz do caso.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.