Hospital Couto Maia não registra casos de Covid-19; médico citado acusa edição de print

Por Bahia Noticias

Em meio à pandemia de coronavírus que assola o mundo, as fake news surgem nas redes sociais para causar maior desespero à população. Um desses exemplo de informação incorreta surgiu em Salvador nesta quarta-feira (18). Em um print que circula, o médico infectologista Tiago Lôbo teria dito que existiam casos confirmados não computados no hospital Couto Maia.

Em contato com a reportagem do Bahia Notícias, Tiago afirmou que as imagens divulgadas estão editadas. No entanto, o profissional indicou a quarentena da população para evitar o contágio da doença.

“É um print que tem edições. Tem muita coisa que não é verdade. O que temos hoje é um quadro sem casos confirmados. A gente não tem transmissões confirmadas na comunidade. Fica o alerta para as pessoas ficarem em casa e diminuir aglomeração é válido. É preciso que cuidemos uns dos outros”, declarou.

De acordo com Tiago, o hospital Couto Maia está fazendo todos os procedimentos para tratar de casos suspeitos que estão surgindo. No entanto, a “compra exagerada” de material pela população tem atrapalhado.

“Todos os procedimentos estão sendo feitos para paramentar. Separamos uma ala para verificar os casos suspeitos. Temos leitos reservados para pessoas que precisam ficar em precaução ou isoladas. Temos equipamentos de proteção, mas preocupa a dificuldade de comprar os produtos em virtude da demanda. A população está fazendo compras exageradas de máscaras, por exemplo. Isso acaba prejudicando”, explicou.

Em nota oficial divulgada nesta quarta, o hospital Couto Maia afirma que “é referência há 167 anos para doenças infectocontagiosas. Desde 2018 está com novas instalações, adequadas para o atendimento a esses casos”. O comunicado reforça que, no momento, não há nenhum caso registrado de Covid-19.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.