Vacina da Pfzier apresenta 95% de eficácia contra o coronavírus, diz resultado

An illustration picture shows vials with Covid-19 Vaccine stickers attached, with the logo of US pharmaceutical company Pfizer, on November 17, 2020. (Photo by JUSTIN TALLIS / AFP)

A análise final da terceira fase de testes clínicos realizados pela farmacêutica Pfzier na vacina desenvolvida por eles contra o coronavírus, a BNT162b2, apontou 95% de eficácia no combate a doença. As informações são do site norte-americano CNBC.

O resultado divulgado nesta quarta-feira (18) pela companhia e pela BioNTech, parceira no desenvolvimento da vacina, tem como base um teste realizado com 170 voluntários contaminados com a Covid-19, na qual 162 estavam recebendo doses de placebo e não da vacina.

Questionada sobre o efeito colateral da vacina, a empresa afirmou que o mais comum foi a fadiga, apresentada por 3,7% dos participantes. No entanto, após semanas o efeito foi reduzido.

Com a resposta positiva, a ideia da Pfzier e da BioNTech é submeter um pedido de uso emergencial para a vacina ao Food and Drug Administation, órgão semelhante à Anvisa no Brasil.

A Pfizer espera produzir até 100 milhões de doses da vacina até o final do ano. Em 2021, outras 1,3 bilhão podem ser fabricadas.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.