Colégios estaduais mobilizam estudantes para o início do ensino remoto

Com a aproximação do início do ano letivo 2020/2021, no próximo dia 15, gestores e professores das escolas estaduais estão mobilizados na busca ativa dos estudantes. Utilizando das várias estratégias de comunicação, como telefonemas e redes sociais, as escolas fazem o acolhimento aos estudantes, informam sobre o início do ano letivo, explicam o ano continuum e falam das possibilidades de aprendizagem para os estudantes com ou sem acesso à internet, explicando que a equipe escolar apoiará e guiará cada um nesta nova experiência do ensino remoto.

No Colégio Estadual Professora Áurea dos Humildes Oliveira, no município de Aporá, por exemplo, a mobilização está contando com o apoio dos líderes de classe. A diretora Cléa Dantas Gouveia fala que este processo começou ainda em 2020, com o projeto “Fortalecimento de vínculos”. “Com este projeto,  fizemos uma escuta e demonstramos o nosso apoio e carinho por cada estudante. A ideia foi motivá-los e falar da importância de enfrentarmos os desafios na construção do conhecimento. Nas redes sociais da escola e da mídia local, estão sendo divulgados os cards relacionados à busca ativa e um grupo de estudantes está produzindo vídeos para também despertar os colegas para o chamado da escola”, enumera.

A professora de Língua Portuguesa, Nadja Souza Ribeiro, destaca que, para a busca ativa, foi adotada a estratégia de “Tutor de turma”. Assim, cada docente assumiu a responsabilidade de entrar em contato com os estudantes de uma turma. “O processo foi tranquilo e muito motivador, pois ouvi relatos que demonstraram saudades e desejo de retorno às atividades escolares, mesmo que remotamente.  Acredito que a ação de engajamento está sendo fundamental para que os estudantes percebam que são importantes, bem como possibilita o fortalecimento do vínculo entre a escola e a família”, considera a professora.

A líder estudantil Jamilly Gomes, 16, 1° ano, fala da importância deste momento de ajudar a envolver os colegas. “Como líder estudantil, tento ao máximo me engajar nos trabalhos e nas propostas da escola para que o distanciamento social não nos prejudique tanto. Sei que há muito a ser aproveitado e desenvolvido.  Acredito que a volta das atividades é um grande passo e a ideia é desafiadora, mas não é impossível”.

A também líder estudantil, Viviana Cardoso, 29, 3° ano, fala sobre a sua disponibilidade para ajudar a escola na busca ativa dos estudantes. “Tenho me dedicado a dialogar e  incentivar os colegas sobre o início das aulas. Vai ser diferente do que estávamos acostumado, mas todos nós conseguiremos vencer os obstáculos juntos e com a ajuda dos professores e da direção. Esta busca ativa é muito importante, pois passamos  muito tempo longe, tendo como único contato o WhatsApp. Estou muito confiante nesta nova jornada”.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.