Candidato a vereador, Rodrigo Coelho afirma: “A favela agora tem voz. Vamos juntos fazer diferente.”

Nascido na zona rural de Castro Alves e criado no bairro da Santa Cruz, onde chegou aos oito anos de idade, Rodrigo Coelho carrega consigo a esperança de ser eleito neste domingo (15) vereador de Salvador. Rodrigo, juntamente com o publicitário Jefferson Borges, é um dos responsáveis pela fundação do Nordesteusou, onde atuou como assessor jurídico.   

Coelho teve sua trajetória política iniciada ainda nos tempos de escola, no extinto Colégio Estadual Odorico Tavares, onde fundou e presidiu Grêmio Estudantil da unidade. Ainda durante a militância no movimento estudantil, participou ativamente do movimento batizado de “Revolta do Buzu”, quando estudantes secundaristas de Salvador pararam a cidade em protesto contra o aumento no valor da tarifa de transporte.

Através de uma bolsa do Prouni, formou-se em Direito. Hoje, além de advogado, é mestre em Estado, Governos e Políticas Públicas e especialista em Gestões Estratégicas de Políticas Públicas. Há dez anos trabalha no departamento jurídico do deputado estadual Rosemberg Pinto (PT).

De acordo com Rodrigo, sua principal plataforma política é, em suma, a defesa da juventude e das comunidades periféricas de Salvador.  “Através do meu mandato pretendo militar em prol da promoção da igualdade social e racial, da educação, saúde de qualidade e participação popular. Chega da periferia eleger quem não nos representa, vamos levar para os espaços de poder a defesa daqueles que não são ouvidos. Vamos juntos fazer diferente”, disse o ex-aluno das escolas Arthur de Sales e Teodoro Sampaio.

 Veja os principais tópicos da entrevista.

Fortalecimento do carnaval no Circuito Mestre Bimba

Apoiar o carnaval do Nordeste é apoiar a nossa comunidade. Aqui brincamos, nos divertimos, geramos emprego e renda. Nosso compromisso maior é cada vez mais fortalecer o carnaval com mais estrutura para os blocos, para os ambulantes e lutar para que seja cada dia mais organizado. Precisamos também incluir o carnaval do Nordeste nos roteiros turísticos da cidade.

Ao longo dos anos temos lutado para que os ambulantes não paguem taxa para vender, apoiamos cerca de 23 blocos e ainda conseguimos dar estrutura para coordenação e seguranças da festa. Além disso, intercedemos diretamente para impedir que o carnaval do Nordeste fosse levado para a praia de Amaralina.

O carnaval do Circuito Mestre Bimba é uma conquista dos moradores do Nordeste. O nosso compromisso é com a nossa comunidade.

Construção de UPA  24h no Nordeste de Amaralina

“É um absurdo que o Complexo Nordeste de Amaralina tenha três Bases Comunitárias de Segurança e nenhum UPA 24 horas. É por isso que sempre digo: o braço do poder público que chega na favela é apenas a polícia. A nossa luta é para que o Multicentro de Saúde do Vale das Pedrinhas seja transformado em uma UPA 24 para melhor atender a nossa população. A doença quando vem não escolhe hora para chegar”.

Revitalização do Beco da Cultura

“Entregamos ao governador uma vontade da comunidade do Complexo  Nordeste  de Amaralina que é  a necessidade  de revitalização do Beco da Cultura com a retirada da base comunitária  de segurança de dentro do CSU. Essas medidas possibilita a criação de cursos técnicos e espaços de esporte e lazer naquele local”. 

Casa da Juventude

“Salvador é uma cidade que não acolhe sua juventude. Não há propostas voltadas para o público entre 15 e 29 anos. Na periferia isso é ainda mais latente. Precisamos olhar esse segmento com um outro olhar, no sentido de gerar emprego, renda e criar mais oportunidades. O jovem, morador dos chamados bairros populares de Salvador, carecem de locais onde possam dar vazão ao seu talento. Temos inúmeros exemplos de garotos e garotas que saíram da periferia e ganharam o mundo. Nossa ideia é justamente potencializar isso. A juventude precisa de oportunidades. O espaço terá como objetivo principal a criação e divulgação de ações jovens voltadas a música, dança, teatro, ou seja, criação de estúdios populares para que os jovens possam ensaiar, gravar e poder divulgar seus projetos. Através da “Casa da Juventude” podemos começar a vislumbrar um futuro diferente para esses jovens”.

Transporte público

“Tenho acompanhado atentamente a total falta de respeito da Prefeitura com os moradores da periferia. Como se já não bastasse o alto valor da passagem, essas pessoas são obrigadas a conviver com uma frota ineficiente e com ônibus velhos. Pegar ônibus em Salvador é sinônimo de sofrimento. Na prática o que temos visto são vereadores totalmente omissos aos desmandos da Prefeitura no que tange ao transporte público. Ano passado, por exemplo, essa mesma Câmara de Vereadores aprovou a isenção de impostos para as empresas de ônibus, mas na prática o que temos visto é um serviço cada vez pior”.

Amarelinhos

“É extremamente importante a gente atender e entender a necessidade dos moradores de locais onde os ônibus não atendem. Tem gente da terceira idade e pessoas com deficiência que não conseguem andar determinadas distâncias e nem dispõem de recursos para pegar um outro transporte. Na Câmara de Vereadores vamos lutar para que o amarelinho volte a rodar não somente no Complexo Nordeste de Amaralina, mas também em outras comunidades de Salvador. O que falta a essas pessoas é conhecer a fundo os problemas da nossa comunidade. Só aparecem aqui de quatro em quatro anos para ganhar o voto e não dialogam com a população. Se ouvissem os moradores da região saberiam o quão importante eram os amarelinhos, sobretudo para os mais idosos e portadores de deficiência”.

Gabinete Itinerante com atendimento dentro da comunidade

“Chega desse modelo de política onde o vereador só aparece na favela no período de campanha eleitoral, com o único interesse de ganhar os votos dessa população.  O vereador precisa ter o compromisso de sair do conforto do ar condicionado do gabinete e atender a população olhando olho no olho, discutindo com as comunidades as demandas e as necessidades de cada canto da nossa cidade. A nossa ideia é construir de fato um mandato de participação popular”

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU