Jogadores e presidente do Palmas morrem em queda de avião no Tocantins

Acidente vitimou dirigente do clube tocantinense, quatro atletas e o comandante da aeronave. Vítimas estavam a caminho de Goiânia, onde o time iria enfrentar o Vila Nova.

Na manhã deste domingo, 24, o avião que transportava o presidente do Palmas Futebol e Regatas, Lucas Meira e os atletas Lucas Praxedes, Guilherme Noé, Ranule e Marcus Molinari, sofreu um acidente aéreo quando se dirigia para Goiânia. O dirigente e os atletas se dirigiam para Goiânia, onde o clube iria enfrentar o Vila Nova, nesta segunda-feira, 25, em partida válida pela Copa Verde. Piloto da aeronave, o Comandante Wagner também foi uma das vítimas do acidente aéreo. 

O avião decolou e caiu no final da pista de pouso da Associação Tocantinense de Aviação. Além de presidente do Palmas, Lucas Meira foi presidente da Renapsi até 2020. Lucas também era filho de Adair Meira, dono do Sistema Sagres de Comunicação.

Em nota oficial, o clube informou que irá prestar apoio às famílias e que irá se pronunciar posteriormente em um momento oportuno. Devido ao acidente, a tendência é que a partida contra o Vila Nova seja cancelada. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda não se pronunciou, o que possivelmente será feito nas próximas horas.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.