Marivaldo dos Santos, do Quabales, faz participação em reality show da Game XP

Exibido ao vivo nos canais oficiais da Game XP, no TikTok e Youtube, e no Canal Música Multishow no Youtube, Dance Off será comandado pela atriz e cantora Lellê. Participantes do reality estarão no corpo de dança do Espaço Favela no Rock in Rio 2021 e vencedor levará prêmio de 20 mil reais  

A Game XP, o maior evento de games da América Latina e o primeiro Gamepark do mundo, agora não desliga mais: a partir deste mês dará vida a uma plataforma digital que completará o evento presencial e fará com que o festival esteja presente para o público durante todo o ano. O primeiro anúncio no universo digital acontece esta semana. A Game XP apresenta o primeiro reality show do Brasil que vai reunir moradores de favelas do Rio de Janeiro com uma paixão em comum, a dança. Assim será o Dance-Off, projeto que terá início no dia 10 de novembro com uma votação popular pela internet.   

Ao todo, 100 candidatos serão convidados para participar da disputa pelas 16 vagas do programa – que será transmitido ao vivo nos canais oficiais da Game XP, no TikTok e no Youtube, e no canal Música Multishow, no Youtube. O primeiro episódio irá ao ar no dia 24 de novembro, às 21h, e os demais acontecerão no mesmo horário, sempre às terça-feira, até o dia 15 de dezembro.  Vale ressaltar que, além da transmissão ao vivo dos episódios, uma série de dinâmicas, incluindo votações, enquetes e interações com o público acontecerão nos canais oficiais da Game XP, a partir do próximo dia 10. 

Nesta batalha todos saem ganhando: os 16 selecionados receberão uma premiação em dinheiro e passarão a integrar oficialmente o corpo de dança do Espaço Favela, durante os sete dias do Rock in Rio 2021. O grande vencedor, além do prêmio de 20 mil reais, receberá da Ubisoft, parceira oficial do projeto, um estúdio de dança que será montado na sua comunidade, possibilitando o incentivo a novos dançarinos. Ao fim de cada um dos três primeiros episódios, o público também poderá votar no melhor dançarino do dia, que será contemplado com uma bolsa para estudar inglês na Cultura Inglesa.  Já na final, os competidores realizarão as provas no Just Dance, hoje um dos videogames mais jogados no mundo. 

O programa será apresentado pela atriz e cantora, Lellê, e contará com jurados como o percussionista e coreógrafo baiano, Marivaldo dos Santos, a apresentadora e influenciadora digital Thaynara OG, as cantoras Ludmilla e Malía, e a vice-campeã e o bicampeão mundial de Just Dance, Pâmella Ribeiro e Diegho San. Todo conteúdo do programa será captado através dos olhos do cineasta Rodrigo Felha. O programa, que será gravado no estúdio da Infoview, montado na Cidade das Artes, será dirigido por Patricia Magalhães, com curadoria de Johayne Hildefonso e roteiro de Vanessa Franquilino.  

O Dance-Off faz parte de uma plataforma online criada pela organização da Game XP para manter a marca presente na vida do público durante todo o ano e não apenas nos dias do evento físico. “O ano de 2020 provou que o meio digital é um grande aliado e deve ser uma extensão do ‘ao vivo’ e vice-versa. O nosso reality vai levar para a casa do público muita dança e uma das partes mais animadas da Game XP, que é o palco do Just Dance. Queremos os holofotes voltados para os talentos que já existem nas favelas do Rio e colocar todos em casa para dançarem junto”, conta Roberta Coelho, CEO da Game XP, lembrando que este é o primeiro de uma série de produtos que serão lançados no ambiente digital. “A partir de agora não paramos mais! Os fãs terão novos conteúdos durante todo o ano e não apenas quando o evento é realizado”.   

Para Zé Ricardo, diretor artístico e musical do Dance-Off, e também diretor do Espaço Favela e Palco Sunset do Rock in Rio, a realização deste reality é mais uma prova do talento e da voz que as favelas do Rio de Janeiro têm. “Fico muito feliz de a Game XP abraçar este universo tão expressivo, com talentos impressionantes. Não temos assistencialismo, temos um produto de muita qualidade que vai ecoar novos talentos não só para o Brasil, mas para o mundo”, reforça o diretor. “Vamos mergulhar em mais um talento que só precisa do holofote. A dança é muito forte, presente nas favelas. A Lellê é um grande exemplo disso, o Marivaldo, que hoje é coreógrafo do Stomp, também. E não estamos falando apenas de funk, mas de todo e qualquer estilo da dança”, finaliza.  

 A dinâmica da competição   

 Os curadores do Dance-Off escolhem e convidam os 100 dançarinos das favelas do Rio a participarem da competição. A primeira etapa do Dance-Off acontece entre os dias 10 e 15 de novembro com uma votação popular pela internet. O público poderá acessar o site www.gamexp.com.br/danceoff para assistir aos vídeos e escolher seus candidatos preferidos para “Passarem de Fase”. Os 50 mais votados serão avaliados pelos curadores e apenas 25 seguirão para a etapa final antes do início do programa. No dia 20 de novembro, os 25 participarão de um desafio ao vivo inspirado no filme “Fame”, onde os curadores vão escolher os 16 integrantes do reality.  

 A partir das oitavas, que começam no dia 24 de novembro, o Dance-Off será exibido ao vivo nos canais oficiais da Game XP, no TikTok e Youtube, e também no canal oficial Música Multishow, no Youtube. Nesta fase, quatro duplas se apresentam a cada episódio e o júri convidado (três em cada episódio) escolhe quem serão os oito dançarinos que passam para a próxima etapa.   

A semifinal será composta por três desafios que vão eliminando os participantes até restarem somente quatro dançarinos. A última etapa do Dance-Off acontece a partir de uma parceria com a Ubisoft e os finalistas precisarão, novamente, enfrentar três desafios, desta vez todos no Just Dance. 

Além de já estarem selecionados para o corpo de dança do Espaço Favela, do Rock in Rio 2021, todos os participantes do reality ganham um prêmio em dinheiro. O primeiro colocado leva os R$ 20 mil + o estúdio de dança para a sua comunidade (prêmio da Ubisoft). O segundo lugar fica com R$ 15 mil, o terceiro recebe R$ 10 mil e o quarto R$ 5 mil. Os competidores que terminarem entre o quinto e o oitavo lugares ficam com R$ 2 mil cada e, a partir do nono até o décimo sexto com mil reais cada. Ao fim de cada um dos três primeiros episódios, o público também poderá votar no melhor dançarino do dia, que será contemplado com uma bolsa para estudar inglês na Cultura Inglesa.  

Transmissão  

O Dance Off será transmitido ao vivo no canal oficial da Game XP, no Tik Tok e Youtube, e também no canal Música Multishow, no YouTube. Dias 24 de novembro, 1º, 8 e 15 de dezembro, às 21h.  

Sobre a Game XP:  

A Game XP é o evento mais aguardado por gamers e interessados no seguimento dos jogos online. No último ano, o evento reuniu 95 mil visitantes em quatro dias no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca.  A última edição do gerou 10 mil empregos, com impacto econômico de R$ 82,3 milhões e R$ 11,1 milhões de impostos recolhidos.  

A Game XP aconteceu pela primeira vez no Rock in Rio 2017 e consagrou-se como o maior evento gamer da América Latina. Em 2018, a Game XP passou a acontecer de forma independente, transformando-se, também, no primeiro GamePark do mundo. 

Biografias  

ZÉ RICARDO (diretor artístico e musical) – Cantor, compositor, produtor musical, curador e especialista em elaboração de conteúdos artísticos exclusivos para grandes empresas e marcas. Zé Ricardo é criador e diretor artístico do Palco Sunset do Rock in Rio desde 2008, em vários países do mundo, e também assina a direção artística do Espaço Favela do Rock in Rio e a direção musical da NAVE, espaço de experiências imersivas do festival. Grandes nomes e agora viaja com seu show “SEGUE O BAILE” para várias cidades do Brasil. 

PATRICIA MAGALHÃES (diretora do programa) – Bacharel e Mestre em Ciências Sociais e Doutora em Antropologia Social, Patricia Magalhães se especializou em Antropologia Visual na EHESS – FR sob a orientação de Jean Rouch da Nanterre University – FR. Em 1996, tornou-se professora titular de Antropologia Visual e Teorias do Documentário na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC. Durante a sua gestão na Universidade foi convidada a fazer parte da equipa de criatividade de Eduardo Coutinho.Seu premiado curta documentário Pombagira foi apresentado na Berlinale – 49º Festival Internacional de Cinema de Berlim. 

Em 1998 ingressou no Grupo Globo como roteirista e diretora de séries de TV.Desde 2015, Patricia atua como diretora independente e criadora de diversos projetos audiovisuais. Entre eles, o documentário “Ao Vivo com Fé” veiculado no canal pay per view da TV Globo. (GNT). Ela é coautora de um livro chamado “Viva com Fé: Histórias de quem acredita”. Patricia dirige atualmente o programa de não ficção do compositor e cantor Gilberto Gil e também é trabalhando em uma nova série musical sobre grandes cantores da música country brasileira. Desde de agosto de 2020 é diretora colaboradora da Conspiração Filmes onde atua como diretora geral em projetos da casa. 

JOHAYNE HILDEFONSO (Curadoria) – Ator e professor de teatro na escola O Tablado, atua há 24 anos como coreógrafo do grupo Nós do Morro. É diretor de movimento da Cia Privilegiados, criada pelo ator e diretor Antônio Abujanra. Foi diretor artístico do Grupo Afroreggae por 17 anos. 

RODRIGO FELHA (diretor de fotografia) – Estudou na Escola de Cinema Darcy Ribeiro (RJ) e teve como seu primeiro projeto audiovisual o documentário “Falcão-Meninos do tráfico”, iniciado em 2001, onde atuou como câmera e produtor. Durante sete anos coordenou o Núcleo Audiovisual da CUFA – Central Única das Favelas, onde dirigiu e produziu, em conjunto com alunos formandos, diversas ficções, documentários e vídeoclipes. Em 2009, assinou a direção do Programa Espelho, no Canal Brasil, apresentado por Lázaro Ramos, e dirigiu o curta metragem “Por este Amor”. Rodrigo Felha fez parte da equipe de roteiro do Programa Esquenta na TV Globo, na temporada 2011/2012. Ele também dirigiu o longa metragem “Cinco Vezes Favela, agora por nós mesmos” –  ganhando diversos prêmios nacionais e internacionais, sendo exibido e ovacionado no Festival de Cannes –, o documentário “5X Pacificação” – trabalho produzido e idealizado por Cacá Diegues sobre o projeto de segurança pública das Unidades de Polícia Pacificadora, exibido e debatido na sede do Jornal The New York Times – e o documentário “Favela Gay”, um registro a vida e relatos de pessoas LGBTQI+ nas favelas cariocas, premiado no Festival de Cinema do Rio. 

VANESSA FRANQUILINO (Roteiro) –  Mãe, mulher negra, suburbana, é formada em jornalismo pela Uerj e tem mais de uma década em audiovisual, especialmente entretenimento. Tem passagens pelos programas Na Moral, Encontro Com Fátima Bernardes, Esquenta, Lazinho com Você e Projetos Especiais de Ficção (TV Globo). Foi produtora, assistente de direção, coordenadora de produção e editora-chefe de telejornais (TV Record Rio). Compõe o programa Espelho (TV Brasil), além de um filme biográfico. Conceituou e roteirizou, em trabalho solo, uma temporada de um reality show a estrear em 2022. Ainda escreve um livro, já comprado, e uma Graphic Novel, com uma protagonista heroína negra da favela. 

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.