Mesmo com avanço da vacinação, população deve continuar usando máscara, alerta secretária

Foto: Divulgação

A Bahia comemorou recentemente o marco de mais de 80% da população adulta vacinada com a primeira dose ou dose única da vacina contra a Covid-19. Porém, o avanço da vacinação não deve ser motivo para abandonar o uso de máscara, que representa uma forma efetiva e comprovada de prevenção à transmissão da Covid-19.

Para a secretária da Saúde em exercício, Tereza Paim, abolir o uso de máscara nessa etapa representa um grande retrocesso na luta contra o vírus da Covid. “Estar vacinado não quer dizer que a gente pode estar desprotegido. Apenas depois que a maior parte da população estiver vacinada com as duas doses, mais de 70% da população, é que a gente vai poder começar a pensar de que maneira e em quais locais poderemos estar sem máscara, preferencialmente em locais abertos”, explicou.

Paim acrescentou ainda que somente através da vacinação e do uso de máscara, a pandemia será efetivamente controlada no estado. “Nesse momento, em hipótese alguma, podemos abandonar essa que foi, e que continua sendo, a grande proteção para mitigar os danos, a internação e a morte de pessoas. Seja uma pessoa que contribui com a saúde, mantenha o uso de máscara”, pediu a secretária.

Distribuição de máscaras

Desde o início da pandemia da Covid-19, o Governo da Bahia já adquiriu e distribuiu mais de 12 milhões de máscaras para toda a população do estado. O material foi entregue a diversos públicos e em locais de grande circulação de pessoas como feiras livres, centros de abastecimento, centros de acolhimento, unidades de saúde, metrô, além do destinado a estudantes da rede estadual de ensino e servidores.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.