‘Não vejo possibilidade de termos o São João no período tradicional’, diz governador

10 cidades já anunciaram suspensão dos festejos juninos

Fortaleza, 29 de maio de 2018. Lancamento do Sao Joao de Fortaleza 2018. - Cidade - 30ci0588 - THIAGO GADELHA

Por Bahia.ba

O governador Rui Costa praticamente descartou a realização do São João na Bahia por conta da gravidade da pandemia da Covid-19 no estado. Para ele, caso a situação melhore, é possível fazer o festejo em outro período.

“Estamos chegando no meio do mês de abril. Nessa altura, não vejo horizonte de possibilidade de termos a festa do São João no período tradicional. Se for fazer alguma coisa fora de época, no segundo semestre pode até ter, mas agora, em junho, acho que é muito difícil. Não vai ter ambiente sanitário pra isso”, falou o chefe do executivo baiano em entrevista para rádios da região Oeste, nesta quarta-feira.

Até o momento, 10 municípios já anunciaram a suspensão da festa junina. Segundo o G1, Camaçari, Senhor do Bonfim, Jaguarari, Itaberaba, Cachoeira, Santo Antonio de Jesus, Ipiaú, Euclides da Cunha, Mata de São João e Amargosa decidiram cancelar os eventos para evitar aglomeração. Já Juazeiro, Irecê, Piritiba, Mucugê, Ipirá e Cruz das Almas ainda avaliam a situação.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a taxa de ocupação nos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) para adultos na Bahia é de 82%, as 13h57 desta quarta. No último boletim emitido pela pasta nesta terça (13), o estado registrou 4.104 novos casos e 102 mortes.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.