Larica e futebol: “Feijoada da Sil” bate um bolão.

Os de jogos no Campo do Bariri é de muita diversidade gastronômica. Tem opção para todo tipo de gosto e paladar. São os ambulantes que “vestem a camisa, calçam as chuteiras” e dão um tom especial ao espetáculo. Eles são do time que buscam através do comércio levas o sustento para casa.

Quem te se destacado e chamado bastante atenção é o “Tempero da Sil”, apontada como a camisa. O cheiro saboroso da sua feijoada tem conquistado muitos fregueses, que fazem fila para desfrutar das suas delícias.

” Sou um frenquentador leal do tempero da Sil. É uma felicidade sem tamanho, posso aproveitar a partida e degustar uma feijoada de qualidade”, comenta o cliente que bate ponto todos os domingos.

A comida começa ser feita bem cedo. Às 4 horas, Silvania Andrade, 41 anos, dá início aos preparos da feijoada que será levado para o jogo que começa às 9 horas. Ela diz que consegue vender mais de 20 pratos em só um dia. Moradora da comunidade há 31 anos ela se diz apaixonada pela culinária .

“É o carro chefe, todo mundo dá uma passada aqui na minha barraca para se abastecer”, comenta.

A feijoada da Sil é vendida nos valores de 20 reais o prato feito. ” Cabe em qualquer bolso”, diz a empreendedora.

Questionado pela reportagem sobre qual o segredo do tempero, ela foi categórica: “É o amor. Tudo que fazemos com dedicação, desde a escolha dos ingredientes, passando pela seleção, higienização, todo o processo de produção, tem que haver amor”, finaliza.

COMPARTILHAR
Amante da Literatura, apaixonado pelas Letras. Discente de Letras Vernáculas e Língua Inglesa, poeta, escritor , blogueiro, professor e Repórter do site NES.