Rodrigo Coelho lamenta morte de líder religioso Tata Anselmo: “Sábio e estudioso”

Sempre atento às demandas da cultu Terreiro Mokambo, e em especial ao combate à intolerância religiosa, o advogado Rodrigo Coelho lamentou a morte do líder espiritual Tata Anselmo. O babalorixá faleceu neste domingo (28), aos 66 anos, vítima de problemas respiratórios causados por uma pneumonia. O babalorixá, que era Mestre em Educação, teve grande destaque em defesa das religiões de matriz africana e no combate à intolerância regliosa

“Tata Anselmo era uma pessoa sem igual, de bom coração e um incansável na luta contra a intolerância religiosa. Sábio e estudioso , tive a oportunidade de conhecê-lo em algumas das visitas que fiz oa Terreiro do Mokambo, vá em paz amigo, continuaremos a sua luta.
Obrigado por ter tido a oportunidade de conhecê-lo”, destacou Rodrigo.

Nascido no Rio de Janeiro, Tata Anselmo chegou à Bahia aos 16 anos. Em janeiro de 1996 fundou o Terreiro Mokambo e em 2005 recebeu o título de cidadão baiano. Em 2017, o Terreiro foi tombado como ‘Patrimônio da Bahia’. “Agora está junto aos seus ancestrais, de onde, certamente, seguirá sua bela missão espiritual. Deixa um lindo legado para a preservações das tradições do Candomblé Congo/Angola. A dor é imensa! Muita luz e axé!”, disse nota o Terreiro Mokambo.

COMPARTILHAR
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU