Terreiro “Allageime”, na Santa Cruz, recebe oficina de toques afro-brasileiros

Uma boa oportunidade para aqueles que querem aprender um pouco da batida afro. O tradicional terreiro Ilê Asé Allageime, situado no bairro da Santa Cruz, será palco de oficinas de toques afro-brasileiros. O projeto acontece nesse final de semana, 20 e 21 de fevereiro. No sábado o encontro acontece das 15h às 18h. Já no domingo a oficina ocorre no período da manhã, entre 9h e 12h.

O curso, que é aberto a comunidade, será ministrado pelo alabê (ogã responsável pelos toques rituais), Claudemiro dos Santos. A oficina tem o apoio da Prefeitura de Salvador, através da Fundação Gregório de Matos.

História – O mais antigo terreiro do Complexo Nordeste de Amaralina, o Ilê Axé Allageime foi fundado em 1946 pela ialorixá Maria Petrolinha do Espírito Santo. Atualmente a Casa, é administrada pela sacerdotisa, Maria de Lourdes, mais conhecida como “Mãe Boneca”.

Mais Informações:

COMPARTILHAR
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU