Valor do auxílio emergencial foi definido em três faixas; veja quanto você pode sacar

Nesta quinta-feira, 11, o Ministério da Cidadania confirmou que a média de valor do auxílio emergencial será na margem de R$ 250, devendo ser pago em quatro parcelas. A expectativa é para que o primeiro depósito seja efetuado ainda neste mês de março, assim que o texto for aprovado. Desta forma o último pagamento deverá ser em junho de 2021. 

Embora o Ministério da Cidadania seja a pasta responsável por elaborar o cronograma de pagamentos, junto aos critérios de elegibilidade do benefício pago pela Caixa Econômica Federal (CEF), o Ministério da Economia atua em conjunto aos trâmites que dispõem sobre o auxílio emergencial.

Neste sentido, na última segunda-feira, 8, o ministro da Economia, Paulo Guedes, comunicou que as parcelas terão valores variáveis entre R$ 175 a R$ 375.

“A Cidadania trabalha na conclusão dos detalhes da medida provisória e aguarda a tramitação da PEC na Câmara. Após a finalização desses processos, os pagamentos terão início o mais breve possível. O valor médio deverá ser de R$ 250, em quatro parcelas”, declarou o Ministério da Cidadania.

É importante mencionar que o texto-base da Proposta de Emenda à Constituição, a PEC do auxílio emergencial, que dispõe sobre a concessão de R$ 44 bilhões para custear a nova fase do benefício, foi apreciada e aprovada em segundo turno na Câmara dos Deputados nesta quinta-feira, 11.

Entretanto, até o início da noite de ontem, os parlamentares continuaram estudando e analisando a possibilidade de retirar alguns trechos do texto.

Na oportunidade, o Ministério da Cidadania reforçou que todo o processo de cadastramento dos beneficiários realizado no início de 2020, foi capaz de identificar aqueles trabalhadores informais “invisíveis”.

Isso porque, o cruzamento constante de dados junto às medidas de controle e fiscalização com o objetivo de evitar depósitos indevidos, possibilitam que o novo auxílio emergencial seja certeiro ao contemplar exclusivamente as famílias vulneráveis. 

Auxílio emergencial em 2021

A segunda fase do auxílio emergencial que, ao que tudo indica será aprovado e acontecerá neste ano de 2021, seguirá os mesmos requisitos do modelo original.

A diferença é que o valor médio desta rodada será de R$ 250, podendo o Governo Federal conceder quantias inferiores ou superiores a essa base, dependendo do perfil do beneficiário.

Neste sentido, as mães chefes de família monoparentais poderão receber até R$ 375, enquanto os beneficiários solteiros e sem filhos deverão ser contemplados com um benefício no valor de R$ 175.

Lembrando que se a PEC do auxílio emergencial for aprovada ainda este mês, os valores serão depositados nos meses de março, abril, maio e junho.

COMPARTILHAR
Redação NES
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.