[Sintonia de Amor] Perdi minha virgindade com uma garota de programa e estou apaixonado por ela

Oi gente. Me chamo Gustavo e tenho 22 anos. Minha história de amor começou quando eu tinha 18 anos e conheci uma menina nas redes sociais. No início não desconfiava dela, mas pelo andar da conversa percebi que ela mulher da vida, “garota de programa”. Sempre convidava ela para sair, mas ela insistia em dizer que não era mulher para mim. Até que um dia olhando alguns sites encontrei uma “acompanhante” com o perfil semelhante ao dela. Na ansiedade de perder minha virgindade peguei o dinheiro que tinha juntando do lava-jato que eu trabalhava durante e fui lá no apartamento onde ela atendia na praia do Corsário. No site não mostrava o rosto das garotas, apenas o corpo. Ao chegar lá para minha supressa era ela, que vou chamar de Maila. Meu coração parecia que ia sair pela boca. Ao me ver ela ficou extremamente sem graça, mas o seu lado profissional falou mais alto. No início fiquei nervoso pois nunca tinha transado, mas ela com toda paciência do mundo foi me ensinando passo a passo.

Com o passar do tempo eu fui me viciando. No entanto a grana foi ficando curta. Eu estava completamente fascinado e apaixonado por ela… Queria estar com ela toda semana e queria ocupar todos os horários dela, justamente para que ela não atendesse outros clientes. Consegui um emprego onde ganhava bem, fiz uma proposta para ela largar essa vida para viver comigo e ela não aceitou. Parou de cobrar para me ver e a gente começou a se ver mais vezes, uma espécie de namoro aberto. Dois anos se passaram e a gente nesse relacionamento… Até que no ano passado ela ficou grávida, mas só descobriu depois de 3 meses. Foi aí que Maila resolveu largar de vez a chamada vida fácil. Hoje, nós temos uma filha linda. Ela trabalha e somos uma família feliz. O que eu aprendi é que não se deve desistir de ninguém por mais que você acha que não vai dar certo um dia as coisas se acertam.

COMPARTILHAR
Personagem Fictício, Formada na vida dos outros e completamente apaixonada por babados.