Vivo um amor de incertezas, quero me libertar, mas não consigo

Olá Nes, tudo bem? Me chamem de Luana, tenho 23 anos e moro na Santa Cruz. Minha história não é bem de amor… é um caso de indecisão. Há cerca de 1 ano eu namoro com um menino que vou chamar de “Yuri”, morador da Chapada do Rio Vermelho. Nossa história começou há três anos atrás, na época ele só tinha apenas 16 anos. Nos conhecemos em um clube aqui de Salvador. Ele estava tomando banho de piscina e trocamos olhares, ele veio até mim e puxou assunto. Conversamos, trocamos contatos e fomos nos falando.

Um certo dia marcamos para sair. Até então eu não sabia que ele tinha 16 anos, pois aparentava ter mais idade pelo seu porte físico. Eu com os meus 20 anos fiquei empolgada no papo, marcamos para sair e ficamos… Foi quando Yuri me falou a sua idade. No inicio não via problema, porém com o passar o do tempo eu fui percebendo que ele ainda não tinha maturidade por completo para viver um relacionamento. Comecei a evitar ele, sempre inventava uma desculpa para não encontra-lo. O tempo foi passando, eu conheci outro cara, comecei a nos relacionar e ficamos juntos por um ano. Durante esse tempo Yuri sempre me chamava para sair, mesmo sabendo que eu estava namorando… Depois que terminei o relacionamento voltei a conversar com ele e para minha supressa nesse período que ficamos afastados ele acabou engravidando uma menina.

Nos reaproximamos novamente, porém eu com pé atrás e ele sempre afirmando que não tinha nada com a suposta mãe do filho dele. Resolvi dar uma nova chance a ele. Achei que ele tinha mudado a cabeça já que tinha virado pai, mas infelizmente nada mudou. A gente começou a namorar em agosto de 2020, fizemos um ano juntos e nesse período ele já me pediu 4 vezes um tempo dizendo que ainda não estava preparado para um relacionamento, que quer curtir a vida. Hoje estamos juntos, mas eu sempre fico insegura… Às vezes penso em jogar tudo para cima, mas o amor que sinto por ele é muito grande e fico perdida…Não sei o que fazer, meus amigos falam para eu terminar e viver minha vida com alguém que queira de fato ficar comigo por inteiro…Estou em um beco sem saída, queria saber qual é a opinião de vocês.

COMPARTILHAR
Personagem Fictício, Formada na vida dos outros e completamente apaixonada por babados.