Inaugurada nova sede do Cras Nordeste/Lucaia

Foto: Valter Pontes/Secom

Salvador passa a contar com mais um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) totalmente requalificado. Desta vez, a unidade beneficiada foi a do Nordeste/Lucaia, que terá capacidade para acolher 5 mil famílias em situação de vulnerabilidade, oferecendo atendimentos psicossociais e acesso a diversos serviços públicos. A entrega do equipamento aconteceu na manhã desta sexta-feira (14).

Localizado na Rua Lucaia, 68, Rio Vermelho, a nova sede funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e abrangerá as áreas de Amaralina, Vila Matos, Chapada do Rio Vermelho, Santa Cruz, Nordeste de Amaralina e Vale das Pedrinhas. O espaço possui recepção, sala para Cadastro Único, cinco salas de atendimentos, duas salas multiuso, um espaço de convivência, sala de coordenação, três sanitários, um almoxarifado, um depósito e uma copa.

Atuação – Os Cras da capital baiana colocam em prática ações do Programa de Atenção Integral à Família (Paif), através de serviços de acolhimento, acompanhamento sociofamiliar; atividades socioeducativas com famílias no contexto comunitário, com serviços como atendimentos individuais e coletivos; visitas domiciliares e institucionais; e encaminhamentos à rede socioassistencial.

Além disso, realizam oficinas de convivência e de trabalho socioeducativo; incentivo à geração de trabalho e renda, através de capacitação e intermediação de mão de obra; articulação e fortalecimento de grupos sociais locais; orientações, entre outros. Agora também cadastra e inclui famílias no benefício social Auxílio Brasil.

O público-alvo atendido é famílias e indivíduos que estejam em situação de vulnerabilidade social (extrema pobreza e pobreza); privação (ausência de renda, acesso precário ou nulo aos serviços públicos) e fragilização de vínculos afetivos (discriminação etária, étnicas, de gênero ou por deficiência).

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.