Reparos na orla de Amaralina deverão ser concluídos em até 40 dias, informa prefeitura

Em obra desde meados de fevereiro quando   o recém inaugurado calçadão não resistiu à ressaca da maré e acabou cedendo, a orla de Amaralina parcialmente interditada. No entanto, em entrevista o Nordesteusou, o sub-prefeito Zilton Kruger informou que as intervenções devem ser concluídas em até 40 dias.

“Está sendo tudo refeito, uma parte da balaustrada que cedeu, o paredão e a parte debaixo. Com a maré forte a areia começou a ser puxada por baixo, então foi preciso refazer toda contenção”, disse Zilton.

Entregue em agosto do ano passado e alvo de diversos questionamentos quanto à sua execução, o projeto de requalificação da orla de Amaralina foi coordenado pela Fundação Mario Leal Ferreira, órgão vinculado à Prefeitura de Salvador. Já a execução do serviço foi de responsabilidade do Consórcio Orla Marítima. O valor total investido no espaço foi R$38 milhões.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU