Aula pública gratuita de Yoga volta ao MAM neste domingo (17), às 17h

Mudança ocorre para realizações de ajustes viários para o hospital que está sendo construído no local

O Coletivo Ser Yoga (CSY) volta a promover aula pública de Hatha Yoga no Pátio do Pôr do Sol do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-Bahia, Av. Contorno, s/n°) neste domingo (17), a partir das 17h. A aula é gratuita e será conduzida por Thainá Soares, com apoio de Bruno Freitas, Manuela Costa, Telma Bunni, Ludimilla Cerqueira e Fernanda Scher. O coletivo é composto por professores da Bahia capacitados pelo método tradicional do Hatha Yoga, através do YogaBahia, em associação ao Instituto de Ensino e Pesquisas em Yoga (São Paulo) e o Instituto do Kaivalyadhama (Lonavla, Índia).

O grupo se juntou em 2018 ao finalizar a formação e busca democratizar essa prática milenar para todos que desejam experimentar. “Não restringimos ninguém seja por gênero, cor, idade ou outras características”, explica uma das integrantes do CSY, Telma Bunni. Segundo ela, sempre utilizam espaços públicos para buscar acessibilidade, conexão e inclusão das pessoas. A atividade é gratuita e qualquer pessoa pode participar. Recomenda-se trazer tapete, emborrachado ou similar para praticar os exercícios.

SEGURANÇA e INAUGURAÇÕES – De acordo com a coordenadora geral do MAM, Marília Gil, o museu obedece todos os protocolos de segurança determinados pelas autoridades contra a pandemia. “Como o Pátio do Pôr do Sol dispõe de mais de 1.600 m² os participantes podem manter o distanciamento”, detalha Marília. Além disso, ela enfatiza que a aferição da temperatura é obrigatória na portaria. “Também disponibilizamos sinalizações explicativas em locais estratégicos e totens com álcool gel nas entradas dos espaços expositivos”, finaliza a coordenadora do MAM.

Além da exposição em cartaz ‘O Museu de Dona Lina’ aberta até 19 de dezembro, de terça a domingo, das 13h às 17h, do Café e Pátios abertos das 12h às 20h e projetos especiais como a Yoga, até início de dezembro o MAM promove inaugurações. Primeiro, o ‘Espaço Lina Bo Bardi’ como sala permanente dedicada a arquiteta ítalo-brasileira para exposições, ações educativas e outras atividades do museu. Em segundo, será inaugurado o ‘Espaço Unhão’ que vai tratar do local onde está o MAM que já é habitado por mais de 400 anos.

Além de museu, o MAM é um dos principais pontos turísticos de Salvador em função da sua localização, arquitetura e história. A entrada e o estacionamento (capacidade p/mais de 50 veículos-passeio) são gratuitos. Mais informações atualizadas: www.mam.ba.gov.br, nas redes sociais (instagram e facebook) do museu ou via telefone (71) 31176132 (9h às 12h e das 13h às 15h). O MAM-Bahia é um equipamento da Secretaria de Cultura do Estado, através do IPAC.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.