Coreografia obscena de dançarinos é alvo de revolta de pais de alunos de escola em Lauro de Freitas; assista

Vídeo foi gravado durante apresentação do cantor Hiago Danadinho

Um projeto batizado como “Música na Escola” acabou sendo alvo de polêmica no Colégio Estadual 15 de novembro, em Lauro de Freitas. O evento, que aconteceu no mês de agosto, contou com a participação do cantor Hiago Danadinho e dançarinos. Durante a apresentação, (Assista abaixo), o dançarino Júnior Koreia, 21 anos, faz coreografias obscenas envolvendo alunos, menores de idade, o que acabou virando motivo de revolta dos pais. 

Uma mãe, que prefere não se identificar, levantou o tom ao perguntar onde estão os responsáveis pelo evento dentro da escola. “É isso que nossas filhas vão fazer na escola? Ver um ‘moleque’ fazendo cenas imorais. Simulando sexo oral. Isso é triste, vergonhoso. Onde estava o responsável pela escola e evento?”, disse em contato com o site BNews. 

Em nota a Secretaria Estadual de Educação, a direção do Colégio Estadual 15 de Novembro informa que o projeto Música Nas Escolas foi promovido pelo Grêmio Estudantil, em comemoração ao dia do Estudante. Esclarece que a atividade ocorreu na área interna da escola, sob os cuidados dos professores e equipe técnica do colégio, de forma ordeira, não sendo permitido o consumo de bebidas alcoólicas ou qualquer outro tipo de droga.

Ainda de acordo com a publicação, o órgão convidará os gestores da unidade escolar para orientar sobre a realização das atividades recreativas. 

O site BNews, entrou em contato com a direção do colégio através de um telefone fixo, mas ninguém atendeu.   
 

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.