Coronavírus: seu egoísmo vai nos matar.

É importante aceitar que, do auge da nossa impotência, só resta o recolher e o esperar. É hora de pensar nos outros.

Se assustou? Percebeu o quanto a chamada deste texto mexeu contigo? Te preocupas? Então por que você ainda continua na rua? Por que você não obedece às recomendações da OMS? Por que você insiste em estar no bar, se pode beber em casa? Por que você insiste em ficar jogando baralho e dominó na rua, se sua família, em casa, também pode jogar contigo? Por que você não leva as coisas à sério? Já pensou na possibilidade que este primeiro caso pode ser na SUA FAMÍLIA? Será que teremos que divulgar diversas mortes em nossa comunidade por sua culpa? Sim, sua culpa! Se você não faz sua parte, qualquer morte que vier a acontecer também será responsabilidade sua.

Não é novidade que em nossa comunidade a realidade é dura. Condições de moradia, saúde e saneamento são deploráveis e dificultam bastante ao combate do coronavírus. Além disso, ainda lidamos constantemente com a circulação de moradores, pelas ruas de nosso Complexo, que de forma desenfreada, não respeitam as orientações de prevenção dadas pelos governantes facilitando a transmissão do COVID-19.

Destaco que não estamos falando daqueles trabalhadores que as empresas insistem para que eles continuem pegando ônibus cheios, que mantenham contato com os outros funcionários num ambiente fechado e, muitas vezes, sem a devida higiene.  Estamos tratando daquelas pessoas que podem ficar em casa, principalmente, no final de semana.  Afinal, na atual conjuntura, ainda é difícil de acreditar que crianças continuam brincando nas ruas, os comércios lotados e os bares continuam cheios. 

Ainda não temos nenhuma medida divulgada voltada para as comunidades. Parece que mais uma vez será ‘nós por nós’. Vivemos num cenário de grandes incertezas. Segundo o chefe da OMS podemos estar vendo apenas “a ponta do iceberg”. De acordo com em estimativas do Governo Federal, o sistema de saúde entra em colapso entre 06 e 20 de abril.  Para quem conhece o SUS, sabe a dificuldade que é tratar casos simples diários, imagine lidar com um vírus que é desconhecido e vem matando diversas pessoas em países de primeiro mundo. Não sei vocês, mas eu não quero sentir na pele o impacto disso na minha vida.

Então, faça sua parte: combata o coronavírus e por favor evite sair. Pare de achar e gritar para os quatros cantos que o coronavírus é ‘virus de rico’, porque ele realmente não está preocupado com a classe social de ninguém e tenha certeza, se você continuar com esse desleixo, quem mais sofrerá somos todos nós, moradores da favela. 

Por fim, o que você precisa saber e fazer:

– Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel;

– Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir;

– Evite aglomerações, principalmente, se estiver doente;

– Mantenha os ambientes bem ventilados;

– Não receba visitas e nem faça visitas;

– Cuide dos idosos, deixem as crianças distantes deles;

– Não compartilhe objetos pessoais; e

– Não beije, não abrace e mantenha distância.

COMPARTILHAR
Graduando em Ciências Contábeis Ativista Social e Produção Geral do Portal NORDESTeuSOU