Estudantes da EPBM são premiados na Olímpiada Canguru de Matemática; veja os vencedores

Assim como acontecera no ano passado, a Escola Professor Bernardino Moreira foi novamente premiada na Olímpiada Canguru de Matemática. O “torneio” é conhecido como a maior competição de matemática no mundo, com aproximadamente seis milhões de participantes por ano em mais de 70 países. A disputa acontece anualmente e conta com uma única etapa no quais alunos busca ampliar e incentivar o desenvolvimento dos conhecimentos matemáticos, além de favorecer o estudo de maneira interessante e contextualizado, aproximando os estudantes do universo da matemática. 

Em entrevista ao Nordesteusou, o Professor de Matemática da EPBM, Vitor Paiva, falou sobre a importância de se participar de atividades dessa natureza:

“A educação é uma via de mão dupla, em especial com a Escola, quando os estudantes participam desses eventos, eles levam o nome da instituição e vice-versa. Acredito que ambas as partes fazem isso com orgulho, o que faz com que essa participação sempre some pontos positivos para ambas as partes. Além disso, a gente consegue também buscar talentos que as vezes não eram percebidos, e que sobressaíram por conta dessas olimpíadas.”, explicou Vitor.

“Hoje, meu trabalho enquanto educador é muito mais de desmitificar a Matemática. Muitos dos estudantes, vem com aquela ideia de que a Matemática é difícil, é complicada, e que não vai conseguir aprender nunca. Então, a minha contra proposta é justamente trazer essa abordagem junto a essas competições, para mostrar que é possível e consequentemente quando começam a sair bons resultados, meio que começa a quebrar esse conceito de que é difícil. Isso ajuda muito quando trazemos isso para sala de aula, o contexto muda, eles começam a se interessar mais, se dedicar mais. É como se essas competições dessem um gás pra eles”, completa o docente.

Vitor avaliou como “boa” a participação da EPBM a edição desse ano da competição:

“A gente, enquanto professor, sempre criamos uma expectativa alta, sempre confiando no potencial dos nossos estudantes. Sempre vou querer que meus alunos sejam premiados. Acredito que foi um bom resultado, principalmente levando-se em consideração o período que a gente esta passando. Avalio que a escola foi muito bem. Tanto ano passado, quanto esse ano a quantidade de medalhistas foi boa”.

Veja os estudantes premiados:

COMPARTILHAR
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU