Governador da Bahia diz que estado pode retirar obrigatoriedade do uso de máscaras a partir de abril

Rui Costa disse que com a queda do número de casos, estado pode flexibilizar o público em eventos.

O governador da Bahia, Rui Costa, disse, nesta sexta-feira (11), que a Bahia pode flexibilizar o uso de máscaras a partir do mês de abril, se os números de contaminação de Covid-19 seguirem em queda.

Atualmente a Bahia tem 2.829 casos ativos da Covid-19. Ainda de acordo com o boletim, divulgado na quinta-feira (10), foram contabilizados 1.827 novos casos conhecidos de Covid-19 no estado e 28 óbitos.

Em todo país, diversos estados já flexibilizam o uso da máscara. Na quarta-feira (8), SP retirou a obrigatoriedade do uso ao ar livre, enquanto em, ao menos, sete cidades do Rio de Janeiro, incluindo a capital, aboliram o uso da máscara em qualquer ambiente.

“Estamos monitorando os números de contaminados e internados e, graças a Deus, esses números estão em queda substantiva. E se continuar caindo até o final de março, em abril a gente deve liberar o uso de mascara e também flexibilizar atividades de rua, festivas e esportivas”, disse Rui Costa.

No começo da semana, o governador chegou a dizer que ainda não tinha previsão para a retirada da obrigatoriedade. ” (…) ainda não temos no horizonte a flexibilização do uso de máscaras. Achamos precipitado considerar isso agora”, disse Rui.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.