O mês colorido do Teatro Gamboa Nova

É o mês das cores e da diversidade! Setembro é GayBoa!

E para comemorar nada melhor do que reforçar as parcerias com o que melhor representa o debate de gênero na Bahia. São espetáculos, shows, bate-papos, performances, documentários, que abrem espaço ao grito por liberdade e respeito, que todos merecem!

 

EXPOSIÇÃO:

Cores e Flores para Tita – Adeloyá Magnoni

gratuito

de 01 a 30/09 – quarta a sábado das 16h às 19h e domingo das 15h às 17h

Série de fotografias que questionam a naturalização das performances binárias, cis e heteronormativas, com ênfase na utilização de fotografias como dispositivo de empoderamento de pessoas trans e travestis, denunciando também o genocídio dessa população.

Contato:   48 984231250

TEATRO:

Uma Janela para Elas – Paula Lice

R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia c/ comprovante)

05/09 (quarta) – 19h + 23 e 30/09 (domingos) – 17h

Estrelado por e drag queens da cena soteropolitana, a trama se passa em um futuro distópico no qual, dez anos após a vitória dos conservadores nas urnas, o Brasil de 2028 vive uma ditadura que cerceia os direitos de expressão de gênero.

Classificação: 16 anos

Para saber mais: http://pequenasaladeideias.com/

Contato:  71 98699 7221

Criança Viada ou de como me Disseram que eu era Gay – Vinicius Bustani

R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia c/ comprovante)

07, 08, 14,15 , 21, 22, 28 e 29 /09 (sextas e sábados) – 19h

Depois de temporadas de sucesso, o solo volta ao Gamboa Nova , misturando relatos e cenas de ficção sobre a infância do autor, numa maneira divertida e irreverente diante da importância de seu debate.

Classificação: 14 anos

Para saber mais: https://www.facebook.com/criancaviadaou/

Contato:  99957 7360

MÚSICA:

Diva Box Canta Cazuza

R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia c/ comprovante)

06, 13, 20 e 27  (quintas) – 19h

Inspirados pelo legado do artista, o grupo apresenta releituras dos maiores sucessos de Cazuza. Passando desde as primeiras canções até os clássicos, o trio vocal segue fazendo suas misturas improváveis.

Classificação: 12 anos  Contato:   71 99266 2193

Para saber mais: https://www.youtube.com/watch?v=3kmGPO_lzu4

BATE-PAPOS E DOCUMENTÁRIO

Adeloyá Magnoni + convidados:  

Cores e Flores para Tita

Pague Quanto Puder

12/09 (quarta) – 18h

Exibição do documentário mais bate-papo copóreo. O filme foi realizado em homenagem ao seu tio Renato “Tita”, homem trans que foi suicidado em 1973, aos 15 anos de idade. A partir de depoimentos de pessoas trans, constrói um diálogo contra a transfobia.

Classificação: 14 anos

https://www.youtube.com/watch?v=noMfGcTPl_Q

Sexualidades Monossidentes – Eu não estou confus@!

Gratuito

19/09 (quarta) – 18h30

Esse bate-papo tem o intuito de dar voz a pessoas que se atraem por mais de um gênero, compreender um pouco mais de suas especificidades e ouvir sobre a vivência de quem enfrenta o julgamento e a incredulidade.

Classificação: 14 anos

Percepções Tardias  das Dissidências Sexuais – Cheguei atrasada no vale!

Gratuito

26/09 (quarta) – 18h30

Abordará experiências de pessoas que se perceberam tardiamente de uma sexualidade dissidente e fora da heteronorma. Será composto por pessoas que toparam despir a alma e compartilhar seus medos, dúvidas e delícias ao ver um mundo novo se abrir.

Classificação: 14 anos  Contato:   48 984231250

PERFORMANCE:

Sargaço –  Frutífera Ilha

R$ 20,00 (inteira) R$ 10,00 (meia c/ comprovante)

16/09 (domingo) – 17h

Drag Queen, performer, artista visual e artivista,  Frutífera (Clarissa Nunes) nos apresenta uma nova performance, que trabalha sob a ótica do afro futurismo e a naturalização de sua nudez. A direção é de Mamba Negra (Diego Alcântara), que trabalha com visualidades da cena, identidade, gênero e raça.

Classificação: 16 anos

Contato: 71 99284 6841

Para saber mais: https://pt-br.facebook.com/Frutilha/

CINE:

O Gongo

gratuito

de 01  a 30/09

quarta a domingo antes das apresentações

O melhor do humor baiano continua agitando os espectadores do Gamboa Nova.

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.