Parceria entre CUFA e EPBM contempla famílias do Nordeste de Amaralina em situação de vulnerabilidade

Cerca de 170 famílias do Nordeste de Amaralina foram contempladas com cestas básicas na última sexta-feira (1). A iniciativa faz parte de uma parceria entre a Central Única das Favelas (CUFA) e a Escola Professor Bernardino Moreira.

O coordenador da CUFA/Complexo Nordeste, Juca Ribeiro ressaltou o trabalho feito pelo coletivo durante a pandemia e comemorou a ação conjunta com a EPBM:

“Pelo quarto mês consecutivo, mais uma ação da CUFA no Complexo Nordeste de Amaralina, com patrocínio da Vale para atender aproximadamente 500 mães da região. Esse mês estamos realizando uma parceria com a Escola Professor Bernardino Moreira. Ainda teremos mais dois meses antes de finalizar a campanha. A ideia  é a partir de agora fazer algumas ações no intuito de inserir a comunidade no mercado de trabalho. Temos novas perspectivas de novas possibilidades de  cursos profisionaliszantes, além de outras frentes e parcerias”.

A diretora da EPBM, Analis Moreira pontuou a importância de apoiar inciativas dessa natureza:

“A Bernardino ao longo da sua história traz essa proposta humanista e social. Com isso, vamos estar fortalecendo, juntamente com a Cufa, os jovens moradores da favela para diante desse mundo que nos traz uma série de desafios. Diante dessa propsta da CUFA a EPBM esta junto apoiando a comunidade que realmente precisa desse apoio”.

COMPARTILHAR
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU