Preço da gasolina pode subir até R$ 0,11 em Salvador

Preço médio de referência para a cobrança do ICMS foi aumentado pelo Confaz em

O litro da gasolina em Salvador começou o mês R$ 0,11 mais caro para as revendedoras. A medida é decorrente do novo Preço Médio Ponderado ao Consumidor Final (PMPF). É sobre esta valor que incide o ICMS sobre este combustível.

O PMPF é definido pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que define o preço médio em cada estado com base em pesquisa de preços da gasolina, óleo diesel e etanol realizada em postos revendedores. A entidade que reúne os secretário estaduais da Fazenda alterou o preço médio de Salvador de R$ 5,6410 para R$ 6,0440, reajuste de R$ 0,4030/litro.

Em nota, a Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis) ressaltou que a mudança pode impactar o preço na bomba em R$ 0,11/litro (28% de R$ 0,4030). A entidade destaca que o mercado é livre e competitivo em todos os segmentos, cabendo a cada elo da cadeia repassar ou não os custos ao consumidor.

“Entretanto, a federação entende ser de fundamental importância esclarecer a realidade dos fatos à sociedade, para que o revendedor varejista, agente mais visível da cadeia, não seja responsabilizado, exclusivamente, por elevações de preços”, completou a Fecombustível.

bahia.ba tentou falar durante a manhã com o presidente do Sindicombustíveis, Walter Tannus, sobre como os revendedores baianos tendem a se posicionar, mas o celular do executivo estava na caixa.

Na política, a questão do combustível aqueceu a retomada dos trabalhos da Assembleia Legislativa. 

COMPARTILHAR
NORDESTeuSOU.com.br, o Portal do Nordeste de Amaralina que tem o Objetivo de desfazer o mito de que a comunidade do Nordeste de Amaralina é dominada pelo crime, divulgando ações de esporte, lazer e entretenimento dentro da comunidade bem como notícias externas que direta ou indiretamente.