Presidente municipal do PT lamenta falecimento de Antônio Paixão: “militante aguerrido “

O presidente municipal do PT, Ademário Costa lamentou o falecimento do militante Antônio Paixão, 70 anos, vítima da Covid-19. Filiado ao PT e membro da 2ª zonal, Paixão se notabilizou pela incessante luta em prol da causa racial e das desigualdades sociais.

“Paixão foi um dirigente fundamental na geração que construiu e ergueu o projeto do Partido dos Trabalhadores. Militante aguerrido da luta metalúrgica, formador de várias gerações e um grande articulador da pauta racial. Paixão era, acima de tudo, um militante sempre ao lado esquerdo da luta política. Nunca deixou de militar, inclusive, vinha exercendo atividades importantes como militante da 2ª zonal do nosso partido”, disse Ademário.

“Em todos os momentos da nossa história ele sempre esteve presente, seja nas campanha eleitorais, na luta sindical, no combate ao racismo, na organização da base….Era um militante genuíno que com certeza faz parte da historia do PT. Com a perda de Paixão uma parte da história do PT de Salvador se vai. Nós estamos aqui para fazer crescer e regar as suas sementes. Paixão, Presente”, completou.

COMPARTILHAR
Tiago Queiroz
Graduado em Comunicação/Jornalismo, e exerce as funções de Editor e Coordenador de Jornalismo do Portal NORDESTeuSOU